Lima: Cidade dos Reis


Única capital da América Latina de frente para o mar, a peruana Lima vale a visita. A cidade tem em seu coração um centro histórico bem conservado, com uma suntuosa catedral, o palácio do governo e a igreja de San Francisco e suas tumbas. 

Palácio do governo, no centro histórico de Lima
Catedral de Lima, a maior do país

Ali perto, do outro lado do rio Rimac, está a colina de San Cristobal com suas casinhas coloridas. É o ponto mais alto de Lima e, portanto, lá os espanhóis fincaram uma cruz em madeira assim que conquistaram a região dos incas. O morro passou a ser cartão postal da cidade depois de uma revitalização. Subir até o topo dele garante ao visitante uma das melhores vistas de Lima. Mas não é seguro subir a pé. Microonibus saem da praça do centro histórico para San Cristobal. 



O bairro boêmio de Lima chama-se Barranco. É uma parte da cidade cheia de escadarias e vielas e muito arborizada. À noite, a luz das charmosas luminárias de rua dão um toque romântico ao local. Mas também vale visitá-lo durante o dia, ou melhor, no pôr-do-sol. Há um mirante muito disputado nos finais de tarde, o Mirador Catalina Recavarren.

Já no bairro de Miraflores, o mais chique da cidade, o que marca é o paredão de 300 metros de altura sobre o qual está o bairro e proporciona uma visão privilegiada do Pacífico. Um parque linear acompanha toda essa costa elevada e é um outro point gostoso para curtir o pôr-do-sol. 
Para os mais aventureiros, passeios de parapente são oferecidos na beira desse paredão. Claro, que testei o serviço e recomendo. No fim de tarde, o céu fica colorido com todas aquelas pipas no ar. É um espetáculo.

Parque linear em Miraflores

A Cidade dos Reis, como Lima foi chamada pelos conquistadores espanhóis, tem também relíquias da era inca. Uma das ruínas mais visitadas é a Huaca Pucllana, um antigo templo religioso inca encravado no meio de Miraflores.


Como a maioria das grandes capitais da América Latina, Lima também tem pobreza e desigualdade, mas ela não é tão evidente nas áreas turísticas, que são limpas e bem conservadas. Dois ou três dias na cidade são suficientes para conhecer os principais pontos turísticos. 


GASTRONOMIA

A gastronomia peruana dispensa apresentações. Ela tem conquistado reconhecimento internacional ano a ano e é um atrativo de primeira ordem em Lima. Enquanto no interior do Peru, caças, como alpaca e porco, são o carro-chefe dos cardápios, em Lima são os peixes e frutos do mar que dão o tom da culinária. Os ceviches são obrigatórios para conhecer o paladar peruano. Eu estive num restaurante com buffet de comida peruana em Miraflores (El senhor del Sulco) que foi uma experiência incrível. Grande diversidade de pratos e ambiente aconchegante com vista para o mar. Há os restaurantes estrelados como Gáston & Astrid, La Mar e o Rosa Náutica. 



LEIA TAMBÉM
O que fazer em Cusco
4 dias na Trilha Inca
Expedição ao Monte Roraima





Comentários

MAIS VISITADAS